Cozinha: como fazer um molho de tomate natural e bem temperadinho!


Lá na empresa onde eu trabalho, existe um programa de Recursos Humanos muito forte sobre o assunto qualidade de vida e saúde e numa destas conversas, uma enfermeira obstetra me ensinou a fazer um molho de tomate natural muito simples!!! Eu vou ensinar pra vocês, mas adaptando do jeito que eu faço. Eu não faço o molho só natural, porque ele acaba não rendendo muito. Eu compro um molho natural no supermercado (que é industrializado, mas acaba sendo mais saudável porque não tem conservantes) e misturo este molho que eu aprendi a fazer. Fica uma COISA! E junto, utilizo temperos naturais, como ervas e condimentos, sem o bendito (mas ordinário) caldo de galinha, que vem cheio de sódio fazer mal pra nossa saúde. Vamos aos passos:

**

1. Utilizo tomates maduros (ninguém entende por que eu escolho os tomates mais acabados, lá no mercado rs) e o molho natural que eu estou acostumada a comprar (estou tampando a marca, porque não tô a fim de fazer propaganda haha). (Obs: as fotos foram feitas com Iphone e editadas, portando, perdoem a qualidade… não dá pra ficar com câmera canon na mão enquanto se cozinha!!!! #perigo)

20130217-144643.jpg

20130217-143606.jpg

2. Utilizo cebola cortadinha (em um potinho) e MUITO alho com ervas (no outro potinho). Neste caso eu usei tomilho e cebolinha. Corto tudo e separo nos potinhos. Depois eu pico os tomates maduros (usei 06 tomates), com a casca e tudo (é claro que se voce não gosta de molho de tomate cheio de coisinhas, se você é do tipo que gosta dele lisinho, lisinho, vai ter que tirar as sementes e a pele).

20130217-144635.jpg

O tomilho tem um perfume MARAVILHOSO!!! Ele dá um cheiro estupendo para o molho e um sabor muito especial.

20130217-144625.jpg

3. Depois de colocar os tomates picados até quase encher o copo do liquidificador, eu jogo meio copo americano de água, pra ajudar a triturar. Se o seu liquidificador tiver esta função (acho que todos têm), primeiro use o “pulsar”. Quando tudo estiver mais ou menos triturado, só então use a primeira velocidade e se for preciso, a segunda. Senão você vai ferrar com seu liquidificador!!!! Sabe as cebolas, alho e temperos picadinhos que eu fiz no começo? Eu vou jogar metade cada potinho, no liquidificador. Veja:

20130217-144605.jpg

Um pouco de água pra ajudar a triturar os tomates.

20130217-144614.jpg

Metade das ervas, cebola e alho que piquei no começo, vão junto com os tomates. A outra metade eu jogo na panela, pra dar um tchans!

4. Depois que tudo for triturado, vai ficar assim, ó:

20130217-144557.jpg

Ele fica com uma cor mais clara, mesmo. Se você quiser fazer o molho totalmente natural para a sua massa, é só jogá-lo na panela e temperar. Se render bastante, coloca num pote de plástico e coloca pra congelar!

5. Agora é só jogar o molho natural, deste jeito mesmo, na panela. No meu caso, eu já tinha colocado o outro molho comprado e sem conservantes e juntei com este para diminuir a acidez e dar um toque mais saboroso ao molho. Agora eu vou despejar dentro da panela o resto da cebola, alho e ervas picadinhas que eu tinha feito lá no comecinho (lembra que eu só coloquei no liquidificador a metade?). E você vai temperar à gosto. Eu costumo usar sal, pimenta branca, pimenta do reino e um fiozinho de azeite. Deixa ferver bastante, até o molho engrossar (a mulher que ensinou a minha mãe cozinhar dizia que o segredo do molho de tomate é a fervura. Tem que ferver bastante! Só toma cuidado pra não deixar tempo demais e o molho diminuir pela metade!!!!).

20130217-144546.jpg

Eu misturei o molho natural com o sem conservantes, comprado no supermercado. Esta é a única marca que não ataca a enxaqueca do Sr Meu Marido.

20130217-144533.jpg

Molho com os temperos que eu havia deixado no potinho, sal e pimenta do reino/branca. Agora é só deixar ferver bem!

O prato de hoje aqui em casa foi nhoque (da próxima vez eu também vou fazer a massa em casa). Depois que o nhoque já havia sido cozido e o molho já estava fervido, eu despejei o nhoque na refratária, coloquei queijo ralado e como meu fogão tem esta função, coloquei para gratinar no forno. É muito importante misturar o molho com a sua massa. Sempre faça isso. A massa vai absorver o gosto do molho e vai se tornar uma coisa só e não mais molho sobre a massa. Faça o teste e você vai entender o que eu estou falando – no paladar!!!

Estes toques foram dados pela Enfermeira Mathilde, da Omint (o molho) e pelo chef Bertolazzi, do programa Homens Gourmet, canal Bem Simples. Muito simples, mas muda totalmente o gosto do seu prato. Espero que gostem! =)

About these ads

Livro de Visitas!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s